A compra de um imóvel na Flórida é o desejo de muitos brasileiros, seja para ter um segundo lar em um dos destinos mais fascinantes do mundo, seja para investimento ou até mesmo futura moradia. Com as fronteiras fechadas por conta das restrições internacionais impostas pela pandemia, este sonho pode parecer distante. Contudo, o que poucos sabem é que a compra de um imóvel na Flórida pode ser feita 100% à distância. Não é obrigatória a presença física do comprador nos EUA. Mesmo assim, há quem prefira estar presente e ver pessoalmente o imóvel antes de comprar, o que seria a situação ideal. Nesta hipótese, enquanto as fronteiras não abrem, há alguns procedimentos que já podem ser antecipados.

Esperando as fronteiras abrirem? Veja o que você já pode fazer para não perder as oportunidades

A pandemia trouxe um desequilíbrio no mercado imobiliário da Flórida, deflagrando oportunidades únicas pontuais que não mais existirão quando a normalidade voltar. É um momento histórico raro que guarda algumas semelhanças com crises passadas onde grandes oportunidades surgiram para os brasileiros. É em tempos de crise que as oportunidades aparecem e é fundamental estar preparado.

Veja o que você já pode fazer do Brasil para adiantar o processo de compra:

Definir o objetivo da compra do imóvel

A compra de um imóvel na Flórida tem três objetivos principais:

  • Investimento
  • Segundo Lar
  • Moradia

Definir o objetivo é fundamental, já que ele influenciará diretamente na escolha da região onde comprar. Uma família que está de mudança para a Flórida (busca moradia) precisa estar com a questão imigratória regularizada. São várias as estratégias para se obter o green card ou visto de residência permanente. É importante também escolher uma região com boas escolas para os filhos. Caso seja um imóvel voltado para obter renda com aluguel por temporada (short-term rental), o ideal é que o imóvel esteja localizado perto das principais atrações da cidade (Ex. parques de Orlando). Há também brasileiros que buscam ter apenas um segundo lar na Flórida, não objetivando qualquer renda com aluguel, o que altera também o perfil da região.

Definir o objetivo da compra do imóvel

A maioria dos clientes brasileiros que procuram os serviços da CAP International, na Flórida, tem como objetivo comprar um imóvel para usar nas férias e que, ao mesmo tempo, possam alugar nos períodos que não usam, obtendo renda em dólar. Desta forma, unem dois objetivos em um: 1 – investir e 2- ter um segundo lar na Flórida. É por este motivo que as casas de férias em Orlando, perto dos parques, constituem hoje um dos melhores investimentos globais, já que oferecem um excelente retorno em dólar, inclusive com possibilidades de quitar a parcela do financiamento e ainda gerar lucro. Miami também oferece ótimas opções que permitem o aluguel por temporada, principalmente na região de Downtown.

Neste contexto, a escolha do corretor é fundamental para uma compra de sucesso. O corretor tem o conhecimento e a experiência de mercado para orientar o cliente onde comprar e oferecer as melhores opções na região.

Comprar pela PF ou pela PJ

Na Flórida, o imposto sucessório (imposto de herança ou “causa mortis”) é de 40% sobre o valor do imóvel, para estrangeiros. É um valor muito alto para os herdeiros, em caso de uma eventualidade. Por este motivo, a maior parte dos brasileiros compra por meio de uma empresa (PJ). Abrir uma empresa nos EUA é simples, rápido e barato. O processo pode ser feito à distância e é muito menos burocrático do que uma abertura de empresa no Brasil. Em questão de dias a empresa está aberta, de forma remota.

A vantagem em se comprar pela PJ é que, neste formato, não há aplicabilidade do imposto sucessório. Mas, atenção! Não basta simplesmente abrir uma empresa e realizar a compra. É necessária uma pequena estruturação societária para evitar a aplicabilidade do imposto. Nada burocrático! Para saber mais acesse: Comprar pelas pessoa jurídica ou pela pessoa física?

Essa pequena estruturação societária na Flórida já pode ser feita do Brasil e é recomendável que seja feita com antecedência. Somente após a abertura da empresa é que o comprador poderá abrir uma conta em um banco na Flórida, para enviar os recursos para o pagamento do imóvel.

No próximo tópico abordaremos a questão de abertura de conta nos EUA e outras alternativas para envio de recursos.

Planejar a transferência do recurso

A maneira menos burocrática para envio dos recursos para os EUA é realizar a transferência de uma conta de sua titularidade no Brasil para uma conta de sua titularidade nos EUA, ou para uma conta de sua empresa já aberta em um banco nos EUA.

A abertura de conta não é um procedimento obrigatório, já que o comprador pode enviar os recursos diretamente para a conta fiduciária (escrow account) do advogado ou da Title Company (para saber mais sobre o papel da Title Company clique aqui).

Contudo, a abertura de uma conta bancária nos EUA facilita consideravelmente o trâmite e também será de grande utilidade após a compra do imóvel, já que algumas contas de praxe relacionadas ao imóvel poderão ser cadastradas em débito automático: luz, internet, etc.

Existem bancos na Flórida que permitem a abertura de conta de forma remota, ou seja, não é necessário ir até os EUA para abrir. Entre em contato para saber as opções que recomendamos.

Financiamento

Caso a compra seja feita por meio de financiamento, é importante já entrar em contato com um Mortgage Broker para realizar a pré-qualificação. O Mortgage Broker fará a análise de crédito do comprador e poderá pré-qualificar o investidor frente aos principais bancos que concedem financiamento na Flórida. Lembramos que é permitido ao brasileiro financiar por meio de bancos na Flórida e aproveitar os baixos juros americanos. Basta comprovar renda no Brasil.

Nós, da CAP International, podemos indicar Mortgage Brokers que trabalhamos em parceria.

Conclusão

Estes são os principais procedimentos que os brasileiros já podem fazer do Brasil, mesmo antes de comprar o imóvel. Desta forma, quando as fronteiras reabrirem, você já estará preparado(a) para aproveitar as melhores oportunidades, sem perder tempo com processos burocráticos que poderiam ter sido realizados com antecedência, de forma remota.

Vale repetir que a compra de um imóvel não requer a presença física do estrangeiro nos EUA. Após realizar todos os procedimentos acima, se o investidor quiser seguir adiante com a compra de um imóvel, ele pode, mesmo de forma virtual. Até mesmo o fechamento (closing) junto ao cartório (Title Company) pode ser feito via conference call e assinaturas digitais. Os imóveis podem ser mostrados por meio de virtual tours.

Interessado em investir na Flórida?

A CAP International é uma imobiliária global especializada na Flórida. Caso tenha interesse em saber mais sobre o processo de compra de imóveis nos EUA, entre em contato agora mesmo e bata um papo comigo por WhatsApp: +55 11 98111-2555 (Carlos Barros).