Não há obrigatoriedade de ter uma conta bancária nos EUA para a compra de casas em Orlando ou qualquer outro destino nos Estados Unidos. A transferência dos recursos para pagamento do imóvel pode ser feita diretamente da conta no Brasil para uma conta de terceiros (conta garantia) criada para fins da intermediação da compra. Essa conta é conhecida como Scrow Account. A operação toda é feita por intermédio de uma corretora de câmbio no Brasil. É uma transação simples, de praxe.

Conta bancária nos EUA

A Scrow account é como se fosse uma conta garantia ou “conta caução”, mantida sob a responsabilidade de um terceiro, onde os recursos transferidos pelo comprador no Brasil permanecem até que todas as análises sejam feitas em relação às partes envolvidas na operação.

No caso de uma compra de imóvel, as partes envolvidas são o comprador no Brasil e o vendedor nos EUA. Geralmente a Scrow Account, nestas operações, são mantidas sob responsabilidade de uma Title Company, que são os cartórios de registro de imóveis na Flórida. Após toda documentação e fatores analisados, então os valores são liberados da Scrow Account para a conta do vendedor e dá-se prosseguimento então ao closing (fechamento da compra) e transferência da matrícula. Clique aqui para saber tudo sobre os custos no dia do fechamento (closing costs).

No artigo Como transferir recursos para a compra de um imóvel em Orlando explicamos em detalhes como se dá a transferência.

Contudo, ser titular de uma conta nos EUA traz inúmeras vantagens e facilita consideravelmente o processo de compra. Em alguns casos pode tornar-se obrigatório, como nas situações de financiamento de imóveis em Orlando. Explicaremos melhor a questão do financiamento adiante neste artigo.

É importante esclarecer que abrir uma conta em banco nos EUA é simples, rápido e não implica em qualquer ato ilícito. É obrigatório, no entanto, informar sobre a conta na declaração do IR no Brasil. Consulte seu contador no Brasil para melhor orientação.

Vantagens em abrir uma conta bancária nos EUA

Apesar de não ser obrigatória, ter uma conta em banco nos EUA traz diversas vantagens. A primeira é a praticidade na transferência dos valores para os EUA. A transferência entre contas de mesma titularidade (de uma conta em seu nome no Brasil para uma conta em seu nome nos EUA) é consideravelmente menos burocrática e pode beneficiar-se de menor incidência tributária.

Outra grande vantagem é também o recebimento de recursos no exterior. Um exemplo é a compra de casas em Orlando com o objetivo de obter renda com aluguel. Os valores recebidos na operação de aluguel precisam ser depositados em uma conta nos EUA. Seria extremamente oneroso e burocrático solicitar ao inquilino efetuar uma transferência internacional a cada final de mês.

Além disso, o investimento em imóveis sempre vem acompanhado de uma série de expedientes e transações relacionadas à manutenção da propriedade: taxa de condomínio, conta de luz, conta de internet, etc. Todas essas contas precisarão ser colocadas em débito automático em algum banco. A taxa de condomínio de um imóvel, conhecida como HOA fee na Flórida, é a mais importante para se colocar em débito automático, já que a inadimplência deste débito pode trazer consequências bastante desconfortáveis para o proprietário, inclusive na esfera judicial.

Vale lembrar que, juntamente com a titularidade da conta, o correntista poderá ter acesso ao painel e aplicativo do banco, cartões de crédito/débito e também talão de cheques.

Muitas dessas facilidades podem interessar também ao brasileiro que viaja frequentemente aos EUA, seja a turismo ou a trabalho, e não somente com o objetivo de investir.

Abertura de conta em banco nos EUA

O que é necessário para abrir uma conta bancária nos EUA?

Abrir uma conta em um banco nos EUA é muito simples e rápido. Bem diferente da burocracia que estamos acostumados nos bancos brasileiros. Na maioria dos bancos da Flórida basta apresentar o passaporte válido e efetuar um depósito de uma quantia pequena, que varia entre USD 20 e USD 200.

Não é necessário ter o chamado Social Security Number, uma espécie de CPF americano, ou ter residência nos EUA.

Existe ainda a opção de abrir a conta remotamente sem precisar ir aos EUA. São poucos os bancos que prestam este tipo de serviço. Um deles é o BB Americas, um braço do Banco do Brasil nos EUA. Neste caso, outros documentos serão solicitados, além do passaporte.

Compra de imóveis com financiamento

Caso o investidor opte por comprar o imóvel em Orlando por meio de um financiamento com bancos americanos, ter a conta no banco que concedeu o financiamento torna-se praticamente obrigatório, até para facilitar o pagamento das parcelas.

Caso seja este o objetivo (comprar de forma financiada), é importante abrir uma conta o quanto antes, mesmo que o investimento não seja imediato. Desta forma, um histórico de crédito já começa a ser construído, o que facilitará futuramente na operação de financiamento.

Aproveite sua próxima viagem à Flórida e abra uma conta em um banco americano. Estamos a disposição para orientá-lo.