Artigo recente publicado pelo portal imobiliário Redfin.com mostra que mais de 30% da população americana desejava mudar de endereço, inclusive para outros estados dos EUA, entre os meses de outubro e dezembro de 2021. Esse percentual expressivo de pessoas considerando mudar para uma região diferente do país foi intensificado com pandemia e com a consolidação do trabalho remoto. A Flórida permanece entre os estados mais procurados.

Apesar de o gráfico mostrar uma pequena queda em relação ao recorde de 31,5% no primeiro trimestre de 2021, o percentual ainda permanece consideravelmente acima daqueles vistos no período pré-pandêmico.

Carência de profissionais qualificados no destino motiva mudança

Além da praticidade que a nova dinâmica no mundo corporativo trouxe com a intensificação do trabalho remoto, há uma carência de profissionais qualificados no mercado. Isso confere mais segurança e motivação àqueles profissionais que desejam se mudar. É praticamente garantido que encontrarão emprego no novo destino, caso não possam manter a ocupação na empresa anterior.

A Flórida continua sendo o principal destino da grande migração COVID

Miami é o destino mais popular

De acordo com o relatório da Redfin.com, Miami foi o destino de migração mais popular entre as grandes áreas metropolitanas dos EUA pelo quarto mês consecutivo. Em seguida vêm Phoenix, Las Vegas, Sacramento e a região de Tampa.

Cidades costeiras com preços acessíveis e clima agradável geralmente encabeçam a lista de lugares preferidos de quem quer se mudar, porém ver Miami no topo da lista foi uma novidade. Apesar de Miami e Tampa sempre figurarem entre os TOP 10 mais procurados, desde que o portal Redfin começou a rastrear o fluxo migratório em 2017, elas nunca ficaram em primeiro lugar. Cidades como Phoenix e Austin normalmente mantinham a primeira posição.

Região Central da Flórida também atrai novos residentes

A região central da Flórida, especialmente cidades no entorno de Orlando, também tem atraído os novos compradores. Além de serem regiões menos densamente habitadas (menor risco de contágio em tempos de pandemia) os preços dos imóveis estão mais atrativos.

A Flórida se tornou um destino particularmente popular em 2021, à medida que trabalhadores remotos e aposentados migram para o estado em busca de praias, clima quente, impostos baixos e moradias mais acessíveis do que as grandes cidades na costa leste ou oeste. A entrada líquida em Miami (pessoas que entram subtraídas das pessoas que saem do estado) quase triplicou em relação ao mesmo período no ano anterior. A entrada líquida em Tampa praticamente dobrou, com Nova York encabeçando a lista dos usuários do portal Redfin.com que se mudam para ambas as áreas.

Os realocados tendem a ser jovens trabalhadores remotos que estão se mudando para Miami em busca dos preços de imóveis mais atrativos e melhor qualidade de vida. Esse novo fluxo de pessoas jovens também é uma novidade, já que a Flórida sempre atraiu, originalmente, aposentados.

São Francisco, Los Angeles, Nova York, Washington, D.C. e Seattle encabeçam a lista de cidades onde os usuarios do portal decidiram sair no período entre outubro e novembro.

Cidades costeiras grandes e caras costumam encabeçar a lista de lugares que os usuários do Redfin.com procuram sair, uma tendência que se acelerou com a pandemia e as opções de trabalho remoto. Muitos moradores de cidades grandes com empregos de colarinho branco podem trabalhar remotamente em locais mais baratos, com muitas oportunidades de lazer.

Sobre a CAP International

A CAP International é uma imobiliária global especializada na Flórida. Caso tenha interesse em saber mais sobre o mercado imobiliário de Orlando, Miami ou região de Tampa, entre em contato agora mesmo e bata um papo comigo por WhatsApp: +55 11 98111-2555 (Carlos Barros).