O inventário cada vez mais baixo para o segmento de Single-Family homes (casas residenciais uni-familiares) está causando um desequilíbrio entre oferta e demanda na Flórida. Para este perfil de imóvel, o mercado está “seller” (favorável para quem vende). Ao mesmo tempo que há falta de casas residenciais à venda em Orlando, a demanda aumentou consideravelmente. Cada vez mais pessoas buscam por casas amplas e com área externa, em detrimento de apartamentos, para passar o período da pandemia. E quem já é proprietário de uma casa single-family não quer vender, seja por medo de receber visitas de desconhecidos para mostrar a residência (risco de contágio) ou porque vale a pena adiar os planos de venda e preservar o imóvel com amplo espaço, até a pandemia passar. Porém, existe um outro fator que contribui para diminuir o inventário destas casas: o juros baixo! Entenda melhor neste artigo.

Juros historicamente baixos

O governo americano baixou os juros com o objetivo de estimular a economia em tempos de pandemia. As taxas básicas dos juros americanos estão em um dos menores patamares históricos. Para um americano é possível financiar a compra de um imóvel com taxas abaixo de 3%.

Juros baixos não só estimulam a compra financiada de novos imóveis, aumentando a demanda, mas também causam um outro impacto importante no mercado. Atuais proprietários preferem refinanciar seus imóveis a vendê-los. Este comportamento freia a oferta de novos imóveis.

Juros historicamente baixos
Imagem: Pixabay

Principalmente proprietários de casas single-family, que já estão bem instalados durante a pandemia, estão vendo nas taxas de juros menores uma oportunidade de refinanciamento com parcelas mais baixas. É possível reduzir a taxa de juros nas parcelas em, pelo menos, 0,75%. Ao mesmo tempo, estes proprietários acompanham os preços deste perfil de propriedade subirem. Por que vender agora?

Em momentos de incerteza, a tendência é que os atuais proprietários permaneçam onde estão. Ao mesmo tempo que podem conseguir boas ofertas para seus imóveis, também surge a dúvida se conseguirão encontrar outro imóvel dentro do perfil e preço desejado, já que não há tantas opções assim disponíveis. Em muitos casos, torna-se mais mais fácil refinanciar o imóvel a taxas menores e reformá-lo.

Construtoras preparam-se para novos projetos

Inventário baixo e demanda alta estão fazendo as construtoras na Flórida voltarem com seus projetos. Grande parte dos developers suspenderam novas construções no início da pandemia por conta do cenário de incertezas que se instalou. Agora, com esse desequilíbrio evidente entre oferta e demanda, mudaram de opinião.

Construtoras preparam-se para novos projetos. Builder's confidence aumenta
Imagem: Pixabay

O indice “Builders Confidence”, medido pela NAHB (National Association of Home Builders) mostra que a confiança das construtoras, principalmente no que diz respeito ao mercado de single-family homes, está em um nível histórico altíssimo fechando o mês de setembro deste ano com um recorde de 83. A leitura anterior mais alta foi de 78. Normalmente índices acima de 50 já são considerados bons.

Este é um forte sinal de que as construtoras estão retomando de forma agressiva suas atividades, o que poderia aliviar, dentro de um prazo de 6 meses, o lado da oferta de novos imóveis no mercado.

Sobre a CAP International

A CAP International é uma imobiliária global especializada na Flórida e voltada para o público brasileiro. Caso tenha interesse em saber mais sobre o mercado imobiliário americano, entre em contato agora mesmo e bata um papo comigo por WhatsApp: +55 11 98111-2555 (Carlos Barros).